Pedra no Rim - Tratamento e Cirurgia do Cálculo Renal

Pça Saens Peña, nº 55 . Sala 603 Tijuca (RJ). CEP: 20.520-090

Horário de Atendimento : Segundas, quartas e sextas, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Terças, das 9h às 12h.
  Telefones : (21) 2568 6946 / 2284 6344

NOTÍCIAS

box_home_entrevistas_2

2 dias atrás

Pedras nos Rins

Neste #DiadoMédico, trazemos uma curiosidade: imaginem que quase perdemos o nosso #urologista Celso Dantas para a medicina veterinária! "No final, a #medicina para humanos venceu a disputa porque no fundo sempre achei a cirurgia uma coisa muito desafiadora. Meus pais eram médicos cirurgiões e isso influenciou a minha escolha. Quero expressar o meu respeito e admiração a todos os colegas que encaram diariamente os desafios da medicina." Para a nossa sorte, ele mudou de ideia!
#médico
... Veja maisVeja menos

Veja no Facebook

1 semana atrás

Pedras nos Rins

A #anemia pode surgir no início do diagnóstico da #doençarenal e se agravar à medida que os #rins perdem a sua capacidade de filtração e de produção do hormônio eritropoietina (EPO), havendo uma redução na produção de glóbulos vermelhos. Se você tem sinais de anemia, procure um médico, ela também pode ser sinal de outras doenças graves. ... Veja maisVeja menos

Veja no Facebook

2 semanas atrás

Pedras nos Rins

Pode ser um sinal inicial de doença renal e é também um sintoma muito comum de doenças da próstata. Quando a insuficiência renal começa a progredir, o #rim começa a perder a capacidade de concentrar a urina. Os pacientes com doença renal acabam precisando interromper o sono para urinar. Procure o #urologista. ... Veja maisVeja menos

Veja no Facebook

3 semanas atrás

Pedras nos Rins

O transplante de #rim é feito em pacientes com doença renal crônica avançada. Quem pode doar um rim em vida? A lei define que parentes consanguíneos até quarto grau e cônjuges podem ser doadores em vida. Em outros casos, é necessária autorização judicial. São realizados testes de compatibilidade e o doador precisa ser compatível. Para doar em vida é necessário que os dois rins de quem vai doar estejam com as funções normais. O risco para o doador é igual ao de qualquer outra cirurgia e o procedimento normalmente transcorre sem problemas. Em
geral, o doador tem vida normal com um único rim. #SetembroVerde
... Veja maisVeja menos

Veja no Facebook

4 semanas atrás

Pedras nos Rins

A sensação de dor ou dificuldade ao urinar, conhecida como disúria, pode ser sintoma desde de uma infecção urinária até doenças graves como uma DST (doença sexualmente transmissível). Procure um #urologista.
Agende uma consulta: bit.ly/urologista2018
... Veja maisVeja menos

Veja no Facebook
  • Nadja Claudino, 34 anos, sofreu com cálculos renais por três anos. Por indicação de seu cardiologista, conheceu o Dr. Celso Dantas e deu início ao tratamento. A cirurgia foi realizada em julho de 2015 e, segundo ela, foi um sucesso. Ela ressalta a importância do apoio do Dr. Celso Dantas para que pudesse enfrentar o procedimento. "Estava com muito medo, mas ele me passou muita confiança que daria tudo certo", afirma. A paciente se recuperou e segue com alimentação normal, evita esforço físico, mas garante que está bem e feliz com o resultado.

  • Quando chegou ao hospital, o segurança Paulo Sérgio Fonseca não tinha ideia da gravidade de seu caso. O cálculo renal ultrapassava dois centímetros e a dor era intensa. Em abril de 2015, passou pela cirurgia para retirada através do canal da uretra. Segundo ele, a recuperação foi ótima e o atendimento superou expectativas. “A clínica é nota 10. Muito boa, tem atendimento perfeito, não tem espera. O Dr. Celso não tenho nem palavras, ele me atendeu muito bem. Após a cirurgia ele foi lá e disse que se tivesse algum problema que poderia ligar pra ele”.

  • Há quatro anos, a advogada Alessandra Barcellos é paciente do Dr. Celso Dantas. Desde o diagnóstico de um cálculo de dois centímetros em cada rim, passou por seis cirurgias de litotripsia a laser, a última no início de 2014. “Quando fiz a segunda cirurgia, o esperado era não conseguir quebrar o cálculo todo do rim direito, mas, apenas com aquela cirurgia, ele conseguiu quebrar tudo. Desde a última cirurgia, há um ano e meio, nunca mais senti dor”, conta. Alessandra destaca o compromisso do urologista com seus pacientes: “Ele é muito humano, muito correto. Não mede esforços pra te ver bem, tanto que ele estava em consulta e fez o possível para ir para o hospital porque eu já o estava esperando na Emergência.”

  • Afastado do trabalho há um ano e seis meses para tratamento de cálculos renais, João Carlos Bezerra é paciente do Dr. Celso desde 2009. Seu caso inspira cuidados, pois sempre surgem novas pedras. Para ele, receber assistência médica de qualidade é essencial. “Ele me acompanha muito bem, conversa muito e aconselha muito. E o cuidado que ele está tendo para que eu não tenha danos nos rins, até pra não necrosar os rins e eu perdê-los. Meu saldo é positivo”.